sábado, 27 de fevereiro de 2010

Sabe, às vezes fico pensando como as coisas acontecem de repente e desaparecem de repente também, pessoas ou sentimentos que não saem do pensamento, aquele olhar que foi tão intenso e se perdeu na memória e no passado, na verdade está guardado na memória e ficará ali pra sempre.
Quando se fala em pessoas especiais está se falando no que essa pessoa se tornou pra gente, o que ela representou, como ela pode fazer sua cabeça mudar, convicções foram mudadas, idéias de certo e errado mudam também, mas isso varia de pessoa pra pessoa. No meu caso mudou muita coisa na minha cabeça, hoje eu vejo isso, só não foi além pois não tive coaragem de continuar, queria ter sido mais corajosa, queria ter ido em frente, mas algo me impedia, eu mesma...
Agora, lembrando isso, vejo que não foi tão pouco assim, eu pude ver que eu podia agir diferente daquilo que eu pensava até então, mesmo que pudesse parecer pouco, pra mim foi muito, sabendo o meu jeito de ser foi uma evolução, agora vejo que ele é caso perdido, mas é uma lembrança MARAVILHOSA, pelo menos pra mim, nunca saberei se pra ele também é assim, mas sei que ele estará sempre na minha lembrança, como algo bom, talvez algum dia eu encontre alguém que me faça sentir assim  livre e solta como ele fazia comigo, mas sei que já passou o tempo dele, e me conformei , eu acho, o que sei é que foi bom pra mim, mesmo sem ter me tocado ele foi mais longe do que se pode ir com um toque, foi com o olhar, as palavras, os gestos, isso não dá pra esquecer, só se acontecer de novo, ai quem sabe, passe a pertencer ao passado.Pois, sei que às vezes quem está perto e diz que ele é a melhor opção, pode ser a opção errada, e aquele que não está ali está mais presente do que tudo.Falo por experiência própria e sei que talvez carregue isso comigo a vida toda, mas sem arrependimentos, pois ele conseguiu mudar minha visão do que seria bom ou ruim, certo ou errado,mas ao olhar pra ele não me vejo com ele, mas sim envolvida no que ele me fazia sentir, mesmo que isso só tenha sido algo passageiro, foi intenso, se houvesse uma chance, uma oportunidade verdadeira de acontecer algo sei que seria ótimo, sabe quando você tem a impressão que era pra ter sido só que o destino ou a vida, não sei, mudou o caminho de ambos, e só trouxe pra ficar perto tempos depois, e fica aquela coisa de que se tivesse acontecido teria sido bom, teria sido intenso, só saberei se vou viver sentimento assim, quando ele aparecer de novo.

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Estou ouvindo o CD de Shakira - She Wolf-
Estou ouvindo o CD da Thalia - Primera Fila-
Pessoas Especiais

As pessoas especiais são aquelas que tem a habilidade de dividir suas vidas com os outros.
Elas são honestas nas atitudes, são sinceras e compassivas, e sempre dão por certo que o amor é parte de tudo.
As pessoas especiais são aquelas que tem a habilidade de se doar aos outros, e de ajudá-los com as mudanças que surgem em seus caminhos.
Elas não tem medo de serem vulneráveis, elas acreditam que são únicas e tem orgulho de ser quem são.
As pessoas especiais são aquelas que se permitem os prazeres de estar próximo aos outros e importar-se com a felicidade deles.
Elas vieram para entender que o amor é o que faz a diferença na vida.
As pessoas especiais são aquelas que  realmente tornam a vida especial.

Autor Desconhecido

domingo, 21 de fevereiro de 2010

Eu sou assim

Devo confessar que nunca me liguei nessa coisa de blog, mas agora me deu vontade de ter um, achava que não tinha nada a ver comigo, mas voltei atrás, estou passando por um momento dificil, desempregada a mais de 1 ano e ficando neurótica por ficar em casa sem ter o que fazer, sem trabalhar, não aguento ficar muito tempo na mesma coisa, como estou agora e talvez seja isso que me fez criar o blog, tenho que por minhas idéias pra fora, e talvez seja uma forma de me encontrar também, afinal vou falar de mim mesma, quer melhor forma que essa pra se conhecer mais.

Tenho vontade de fazer muitas coisas, e todas ao mesmo tempo, é uma vontade de viver tudo de uma vez...
Nesse tempo em casa "à toa", já fiz muitas mudanças, arrumei coisas minhas antigas, cadernos, livros, fotos, cds, fiz uma faxina geral na minha vida, e nas minhas lembranças, algumas delas foram pro lixo outras estão guardadas longe de mim, pois não vale a pena viver do passado e carregá-lo comigo sempre, pois não devo levar mágoas e tristezas comigo sempre, e as lembranças disso devem ser abandonadas no passado pra que se possa viver o agora.

Até dizem que é uma carga pesada viver o passado no presente, com lembranças e coisas que não usamos mais, por isso vamos guardar coisas boas, lembranças legais, cadernos de escola na época da tia que estava lá pra te ajudar a aprender mais,de um jeito todo infantil, que é bom de se lembrar, fotos de lugares legais da infância, objetos e roupas dessa época também é bom, mas só algumas, o que não usar doar pra quem precisa, ou dar pra quem queira e carregar na lembrança a vida boa de criança, que mesmo com problemas sabe ver a vida de um outro jeito.

Tudo que não é bom de se lembrar deve-se usar pra não cometer o mesmo erro, mas não pra carregá-lo pra toda vida, deixe as tristeza no passado e traga em você o que tiver de melhor, guarde as fotos de alguém que foi especial, mas não as cartas que fazem lembrar das mentiras ditas, lembre dos amigos, mas não daqueles que foram amigos e depois deram as costas, mas daqueles que mesmo não estando por perto te trazem lembranças boas.

Mas mesmo depois de adultos não devemos deixar de ser crianças, sempre que puder ouvir um balão mágico, ou até mesmo um ilariê, que afinal de contas faz parte do passado e deve ser lembrado com certeza, sem esquecer das balas Juquinha, que faziam a alegria na escola e que muita gente que eu conheço lembra disso também....e as musicas dos anos 80 que quem viveu não esquece nunca.Claro que a infância é boa de ser lembrada, dos anos 80, 70, 60,50, não importa, daqui a 100 anos, as crianças de lá também terão essa lembrança gostosa, quando elas tiverem 30, 40, 50 anos de idade.
Eu amo Girassol!!!!!!!!!!!

Anjo da Humanidade

Como eu posso começar falando de mim mesma??Já perceberam como é dificil, falar de si próprio, bom, eu sou o tipo de pessoa que me dou bem com qualquer um, pelo menos eu acho....rsrsrs
Mas quem me conhece sabe, ou melhor não sabe não, não sabem pois, a  cada pessoa que eu conheço, conheço um segredo novo, uma história nova, uma vida nova,que eu não conto para ninguém, como aquela pessoa realmente é, às vezes bem diferente de mim, às vezes parecidos comigo. Acho que desde pequena sou diferente, estranha até, minha infância foi meio complicada, afinal uma criança ficar dentro de casa sem brincar por problemas de alergia não é legal, mas talvez, isso tenha me feito ser o que sou, e me manter como sou, afinal, sou um gênio da humanidade, pouco se sabe sobre isso, mas me interessei pelo assunto por acaso e acabei descobrindo que sou um desses.
Sempre gostei de anjos, mas não sabia que estava ligada a esse assunto dessa forma, talvez seja por isso que passei por tudo que já passei, e mesmo quando está difícil, não sou capaz de desistir, mesmo quando desisto.
Eu sei que sou amiga de verdade, às vezes de quem nem merece minha amizade, estou aqui pronta pra ouvir, pra ser só um ombro pra chorar, pra ajudar como eu puder, seja pessoalmente, por telefone, por e-mail, seja como for, estarei aqui sempre que precisarem.
Me dou bem com todo o tipo de pessoa, da mais faladeira a mais quieta, católicos, evangélicos, budistas, espiritas (alguns dizem macumbeiros), sérios, engraçados, comportados, safados, gays, lésbicas, mas não aguento gente racista e preconceituosa, isso realmente me enche, e algumas vezes, em alguns casos só de olhar não gosto da pessoa,e isso quase sempre é certo, aquela pessoa tem algo de errado, esse é meu lado anjo me dizendo que ali tem algo ruim. E sei que nós humanos temos falhas, mas às vezes essas falhas prevalecem demais em algumas pessoas.
Eu sou do tipo que ama bichos, que ama plantas, que ama pessoas, pois se eu não for capaz de ser boa com um animal, com uma planta, não serei boa com um ser humano.